Início  /  AMEAÇAS  /  VENENO
USO ILEGAL DE VENENO


O envenenamento é atualmente uma das maiores ameaças às espécies que se alimentam de cadáveres (espécies necrófagas) mesmo que apenas o façam ocasionalmente, como é o caso da águia-imperial-ibérica. Esta prática ilegal afeta também animais domésticos, podendo mesmo afetar seres humanos, e constitui um problema de saúde pública. O uso de venenos está muitas vezes associado às atividades cinegéticas e agropecuárias, decorrente do controlo ilegal de predadores silvestres ou de cães assilvestrados, e a conflitos entre pessoas.

Esta é uma das principais causas de mortalidade não natural da espécie em Espanha. Em Portugal, foram já confirmados dois casos de envenenamento, em 2013 (episódio que afetou 3 indivíduos) e 2015 (1 indivíduo), e existem ainda outros casos onde se suspeita que esta também tenha sido a causa de morte. Dado que a capacidade de deteção de iscos e animais envenenados em Portugal tem sido muito limitada, o real impacte desta ameaça sobre a espécie é ainda desconhecido, mas é expectável que seja muito significativo, tendo em conta a reduzida dimensão da população.