Início  /  AMEAÇAS  /  VENENO
USO ILEGAL DE VENENO


O envenenamento é atualmente uma das maiores ameaças às espécies que se alimentam de cadáveres (espécies necrófagas) mesmo que apenas o façam ocasionalmente, como é o caso da águia-imperial-ibérica. Esta prática ilegal afeta também animais domésticos, podendo mesmo afetar seres humanos, e constitui um problema de saúde pública. O uso de venenos está muitas vezes associado às atividades cinegéticas e agropecuárias, decorrente do controlo ilegal de predadores silvestres ou de cães assilvestrados, e a conflitos entre pessoas.

Esta é uma das principais causas de mortalidade não natural da águia-imperial em Espanha. Em Portugal, foram já confirmados dois casos de envenenamento, em 2013 (episódio que afetou 3 indivíduos) e 2015 (1 indivíduo), e existem ainda outros casos onde se suspeita que esta também tenha sido a causa de morte. Em 2016 foram detetados 4 casos de possível envenenamento de águia-imperial, todos eles na região do Baixo Alentejo. Um deles correspondeu ao 3º maior caso de envenenamento de aves selvagens, envolvendo uma águia-imperial, 13 milhafres-reais e uma raposa (em novembro de 2016, em Castro Verde).

 

Dado que a capacidade de deteção de iscos e animais envenenados em Portugal tem sido muito limitada, o real impacte desta ameaça sobre a espécie é ainda desconhecido, mas é expectável que seja muito significativo, tendo em conta a reduzida dimensão da população.

 

Saiba mais sobre esta problemática nestes artigos produzidos pelo LIFE Imperial:


"O uso de veneno: um grave problema para todos!", publicado na Revista Turcaça nº 44 (edição trimestral de abril/mai/jun de 2016).
Esta revista, para além de estar disponível gratuitamente em formato digital, possui uma tiragem de 15000 exemplares em papel e é uma revista de especialidade direcionada aos praticantes e interessados em temas variados relacionados com a caça.
 

"O uso ilegal de venenos: um grave problema para todos!", publicado no Portal Blue Oak.
Este é um portal online, independente, de artigos científicos de natureza, história e cultura, e que pretende fazer divulgação científica a cultural junto da população em geral.
 


De seguida, são apresentadas várias notícias produzidas pelo LIFE Imperial ou publicadas por outras fontes, relacionadas com esta ameaça:
 

COMUNICADOS DE IMPRENSA:

Novembro 2015: "GNR cria 1ª equipa cinotécnica para deteção de venenos em Portugal"

Janeiro 2016: "Águia-imperial-ibérica encontrada morta nas planícies do Baixo-Alentejo"

Novembro 2016: "Veneno volta a matar espécies protegidas em Portugal!"

Dezembro 2016: "Milhafre-real envenenado foi recuperado e será devolvido à Natureza"
 

 

NOTÍCIAS SOBRE O USO DE VENENOS - LIFE IMPERIAL:

Dezembro 2014: "Formação sobre o uso ilegal de veneno na natureza em Castro Verde"

Março 2015: "Intercâmbio ibérico sobre o uso de venenos em meio natural"

Julho 2015: "LIFE Imperial visita o CAD em Málaga"

Outubro 2015: "GNR treina cães para deteção de venenos"

Maio 2016: "Encontro europeu sobre envenenamento"

Novembro 2016: "Envenenamento de águias protegidas vai a julgamento"

Novembro 2016: "Veneno volta a matar espécies protegidas!"

Dezembro 2016: "Milhafre-real envenenado será devolvido à natureza"

Dezembro 2016: "Sessão de esclarecimento com agricultores"
 

 

NOTÍCIAS SOBRE O USO DE VENENOS - OUTRAS FONTES:

Abril 2015: "Lince ibérico. Busca de venenos nos campos alentejanos já decorre" - Expresso (online)

 

Outubro 2015: "Novos cães da GNR treinam para detectar venenos" - Portal Wilder

 

Janeiro 2016: "Águia-Imperial morta no Baixo Alentejo com suspeitas de envenenamento" - Portal Wilder

 

Nov/Dez/Jan 2017: "Milhafre-real envenenado foi devolvido à Natureza" & "LPN e AACB promoveram Sessão de Esclarecimento com agricultores" - Boletim Informativo "O Campaniço" (pág. 15)

 

PUBLICAÇÕES:

Conclusões do Workshop sobre a luta contra o uso de veneno na Península Ibérica (Madrid, Fevereiro de 2015)