NOTÍCIAS  /  NOTÍCIAS  /  Formação sobre o uso ilegal de veneno na Natureza em Castro Verde
NOTÍCIAS
Formação sobre o uso ilegal de veneno na Natureza em Castro Verde
2014-12-01

O Curso de Formação em “Investigação do uso ilegal de veneno no meio natural”, decorreu nos passados dias 26, 27 e 28 de Novembro, no Fórum Municipal de Castro Verde. Este Curso é uma das atividades previstas no Projeto LIFE Imperial “Conservação da Águia-imperial-ibérica em Portugal” para intercâmbio ibérico e capacitação na luta contra o uso ilegal de venenos.

Esta formação teve como objetivo colmatar a carência de meios e formação para lidar com casos de envenenamento no meio natural, procurando melhorar os sistemas de prevenção e investigação deste delito que afeta tanto as espécies selvagens como animais domésticos e que pode representar um grave problema de saúde pública. Para tal, contou-se com a colaboração de agentes da autoridade e técnicos espanhóis que partilharam a sua experiência através de apresentações orais e de exemplos concretos de intervenção no terreno, com recurso a situações simuladas de envenenamento no campo que fomentaram a interpretação de provas que deve ser efetuada durante o decorrer de uma investigação.

O curso contou com cerca de 60 participantes, entre os quais agentes da autoridade (GNR e PJ), técnicos do ICNF, juristas, magistrados, veterinários, técnicos envolvidos na recuperação de fauna selvagem, técnicos de campo de ONGA e investigadores de casos de envenenamento. A SEO/Birdlife (Sociedade Espanhola de Ornitologia), com o apoio da LPN, foram as entidades parceiras do Projeto LIFE Imperial que coordenaram a realização deste Curso de Formação. A Junta de Andaluzia, que conta com mais de 10 anos de experiência no combate ao uso ilegal de venenos, deu um apoio imprescindível à realização deste evento.

Cadáver de Águia-imperial usada no exercício prático da formação